Programa Prontuário Eletrônico vai interligar RMS

Escrito por:
Sistema vai otimizar o atendimento
(Ilustrativa/Folha da Região)

Na semana passada, o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) anunciou a aquisição de mais de 170 computadores com recursos próprios do município, totalizando um investimento da ordem de R$ 700 mil, o que viabilizará a implantação do Prontuário Eletrônico – programa que interligará, por meio de sistema informatizado, toda a Rede Municipal de Saúde (RMS).
Com a entrada em operação do sistema, o histórico do paciente ficará registrado facilitando o acesso a essas informações, tanto por parte dos profissionais de saúde quanto do próprio usuário, gerando economia de tempo e de recursos.
“A informatização proporciona transparência e organização, permitindo a marcação prévia de consultas e melhorando o atendimento ao paciente. A intenção é que por meio de um sistema informatizado eficiente estruturemos nossa Rede Pública de Saúde, proporcionando um melhor atendimento ao cidadão”, destacou Zé Carlos do Pátio.
Apesar de já contar com o Prontuário Eletrônico do Cidadão – um programa do Ministério da Saúde (MS), que armazena todas as informações referentes a atendimentos, exames, diagnósticos, prescrições médicas e procedimentos realizados pelos usuários das Unidades Básicas de Saúde (UBS)-, o sistema que será instalado em Rondonópolis, tem uma abrangência bem maior do que já é estabelecido pela Pasta Federal.
“O sistema que estamos implantando em Rondonópolis tem uma amplitude muito maior do que o que determina o Ministério da Saúde, já que o nosso alcança não só os PSFs, mas toda a Rede Pública de Saúde do Município. Nesse prontuário serão registradas informações médicas, odontológicas e do cartão de vacinas do usuário”, destacou a secretária de Saúde, Izalba Albuquerque.
Ela ainda adiantou que até agosto deste ano toda a Rede Municipal de Saúde deve estar informatizada e que será lançado o Portal Saúde Rondonópolis, onde ficarão armazenados, online, todos esses dados. “O sistema estará disponível para consulta, tanto pelo médico da Rede Pública quanto pelo paciente. Com a implantação do Prontuário Eletrônico, vamos otimizar recursos, já que o paciente não vai precisar repetir procedimentos e todas as informações de que o médico precisa estarão disponíveis no sistema informatizado”, explicou a secretária.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *