Propina: Carlos Bezerra será investigado pela Polícia Federal  

Escrito por:
PF vai investigar Bezerra
(A Tribuna MT)

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), após acatar denúncia do Ministério Público Federal (MPF) no dia 15 deste mês, autorizou a abertura de inquérito pela Polícia Federal (PF), para investigar o deputado federal por Mato Grosso, Carlos Gomes Bezerra (MDB), sobre suposta fraude na licitação de reformas do Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco, em Rondonópolis (MT).
Inicialmente, o inquérito policial havia tramitado na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, sob relatoria da juíza Selma Rosane Santos Arruda, cujo procedimento foi instaurado pela Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), que apurou a prática de crimes contra a administração, perpetrada pela empresa privada Ensercon Engenharia Ltda.
O inquérito foi remetido ao STF, em razão de que com o avançar das investigações, constatou-se a presença de Carlos Bezerra, que por ser deputado federal possui foro privilegiado. Também serão investigados Jose Carlos Ferreira da Silva; o ex-secretário de Infraestrutura e Logística, Cinésio Nunes de Oliveira; o ex-superintendente de Obras e Transportes, Tércio Lacerda de Almeida; o representante legal da empresa Ensercon, Marcílio Ferreira Kerche; Edmar Alves Botelho; Esmeraldo Teodoro de Mello; e o engenheiro Pedro Maurício Mazzaro.
O inquérito teve por base parte da delação premiada firmada pelo ex-governador Silval Barbosa com o STF, que havia avalizado um empréstimo contraído por Carlos Bezerra e cujo pagamento da dívida se daria pela cobrança de propina frente a Ensercon.
Ao analisar o relatório das obras de reforma do aeroporto de Rondonópolis em 2014, o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) identificou um superfaturamento de R$ 7,5 milhões na execução.
Da Redação com Gazeta Digital

Continue Lendo


um comentário

  1. Bezerrof envolvido em maracutaia? Deve haver um baita engano! Talvez seja até caso de uma “Fake News”. O “camarada Bezerrof” sempre foi tido como de esquerda. Os esquerdistas de “Banania” não recebem propina, não são afetos à corrupção, não se atiram no mar de lama que avança sobre o país. São imaculados. Inclusive, tem um deles que se diz “a alma mais honesta da via láctea”.

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *