Querem ressuscitar o Rondonfolia

Escrito por:
Vários locais foram visitados pela comissão
Vários locais foram visitados pela comissão (foto: arquivo pessoal/Facebook)

Está causando surpresa na cidade, que o vice-prefeito eleito, Ubaldo Tolentino de Barros (PTB), esteja à frente de uma comissão que pretende ressuscitar o Rondonfolia, criado pelo atual prefeito Percival Santos Muniz (PPS) ainda em sua primeira gestão e extinto em 2014, por força de várias irregularidades cometidas nas edições, afora os casos de homicídio registrados em algumas delas, e ainda usando-se como pretexto resgatar a cultura da família.
Rondonópolis está necessitando de projetos que recuperem a auto-estima da população – desencantada com uma gestão desastrosa que está se findando -, e que contenham em seu bojo, seriedade e resultados que venham somar, ao invés de ressuscitar um evento que somente visa lucros e que ao contrário de cultura como afirma o vice-prefeito eleito em comentário na sua fan page no Facebook, representa um projeto que, nesta “altura do campeonato”, é desnecessário.
Rondonópolis possui uma mescla de cultura, trazidas por pessoas vindas de outros Estados, como por exemplo, as que são oriundas do Nordeste – região riquíssima em tradição e cultura – merecendo que festividades alusivas sejam criadas e se tornem tradicionais, para que aí sim, se diga que visem resgatar e preservar a cultura e a participação familiar.
Só como exemplo, cito o Encontro de Violeiros de Poxoreo – cidade próxima à nossa, com uma população em torno de 20 mil habitantes – que é realizado anualmente em maio, há 14 anos, e que é referência nacional.
Lamentável que a nova administração nem começou ainda e da qual muito se espera, e que estejam preocupados e voltados para ressuscitar um evento, que não deixou saudades à maioria da população e nem notoriedade positiva ao município.
Rondonópolis está exigindo muito mais do que isso. Muito mais!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *