Reforma da Praça dos Carreiros

Escrito por:
Projeto da gestão Zé Carlos do Pátio

A Prefeitura de Rondonópolis abriu processo licitatório para contratação de empresa que será responsável pela reforma (desta vez, de verdade) da Praça dos Carreiros.
A concorrência pública está marcada para acontecer no dia 16 de abril, às 9 horas, na sala de licitações da Prefeitura. Nessa primeira etapa, será feita a abertura dos envelopes com documentos e proposta comercial das empresas interessadas.
Considerada um dos pontos turísticos da cidade, a Praça dos Carreiros terá mantida sua originalidade com o coreto, o espelho d’água e o carro de bois, que serão revitalizados.
No caso do coreto, será construída uma rampa para o acesso de cadeirantes e feita a troca de piso, madeiramento e telhado que estejam danificados ou comprometidos.
O terminal de passageiros será totalmente reformulado, com ambiente fechado e climatizado, através da utilização de energia gerada por placas solares, que serão instaladas sobre o próprio telhado, além de banheiros com catracas, para o controle de usuários.
Orçado em R$ 2.104.252,31, o projeto de reforma da praça prevê também a troca de todo o pavimento do local por piso intertravado, mantendo a parte do desenho original das estrelas no centro do logradouro, feito com pedras portuguesas.
O local vai ganhar novos quiosques e playground cercado para as crianças. Os canteiros serão rebaixados ao nível do piso e serão colocados diversos bancos de madeira.
O edital completo da licitação está disponível para as empresas interessadas no portal da Prefeitura www.rondonopolis.mt.gov.br, pode ser retirado na Prefeitura, das 13 às 17 horas ou solicitado pelo e-mail licitacaorondonopolis@hotmail.com.
Reforma de Percival

Projeto de Percival ficou só no papel

Em seu último ano de gestão, o ex-prefeito Percival Santos Muniz (hoje no PDT), fez o maior auê com a propalada reforma desse importante logradouro público, apresentando um projeto arquitetônico arrojado, mas que não passou de balela e acabou ficando só no papel.
Gastou R$ 250 mil somente na construção do carro de bois, deixando o restante da Praça dos Carreiros com visual deprimente, toda esburacada e com entulhos espalhados pela área.
Mas como é bom de “gogó” e engambelar sempre foi uma de suas características, não nos causou surpresa ter deixado a praça – um monumento histórico da cidade -, no estado lastimável que deixou!


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *