Rondonópolis continua com risco “alto” de contaminação pela Covid-19

Cidade é a terceira em contaminação
Cidade é a terceira em contaminação (SES-MT)

Pelo Boletim Informativo de ontem (30) da Secretaria Estadual de Saúde  (SES), Rondonópolis continua na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus, junto com Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Várzea Grande, Cáceres, Primavera do Leste, Peixoto de Azevedo, Barra do Garças, Mirassol D’Oeste, Jaciara, Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Nova Mutum, Tapurah, Paranatinga, Vera, Nova Canaã do Norte, Barra do Bugres, Nova Bandeirantes, Santo Antônio do Leste, Brasnorte, Nova Monte Verde e Araguainha.
Indicadores
Os indicadores de classificação que apontam o nível de risco, são atualizados duas vezes por semana e definidos por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde).
De acordo com a definição dos riscos, é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus, nos municípios citados.
Pelo Boletim Epidemiológico também de ontem da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Rondonópolis, apesar do número de casos suspeitos ter diminuído nos últimos dois dias, o número de contaminados e hospitalizados teve aumento.
Isso quer dizer que o vírus continua ativo e sua disseminação só será contida, se houver a observância das medidas de segurança, principalmente o isolamento domiciliar – que poderá ser rompido, se quem for à rua não se submeter à uma completa desinfecção, quando retornar para casa.