Rondonópolis lidera casos de Aids em MT

Escrito por:
(Ilustrativa/BBC)

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (MS),  divulgado ontem, Rondonópolis é a primeira cidade em Mato Grosso em casos de HIV.
Em segundo, está a Capital, Cuiabá.
No ranking nacional, as duas cidades de MT ocupam a 16ª e a 42ª posições, respectivamente, no período de 2013 a 2017.
Detecção
Nos três últimos anos, Rondonópolis apresentou taxa de detecção de 61,4 casos e taxa de mortalidade de 12,3, enquanto Cuiabá teve 29,7 registros de casos e mortalidade de 9,1.
Os três primeiros lugares no ranking nacional são ocupados por cidades do Rio Grande do Sul. São eles: Rio Grande, Porto Alegre e Novo Hamburgo.
No Brasil, de 2007 até junho de 2018, foram notificados 247.975 casos de infecção pelo HIV, em todo o Brasil.
A região Centro-Oeste, concentra 8,2% do total de casos.
Estratificação
No período analisado, o grupo de faixa etária que tem maioria dos casos tem entre 20 e 34 anos, com percentual de 52,6% dos casos.
Com relação à escolaridade, no mesmo período, verificou-se um elevado percentual
de casos ignorados (25,6%), o que, segundo o Ministério da Saúde, dificulta uma melhor avaliação dos casos de infecção pelo HIV relativos a esse item.
Já com relação à raça e cor da pele autodeclarada, 46,1% dos casos ocorreram entre brancos e 52,9%entre negros (pretos e pardos, sendo as proporções estratificadas 11,4% e 41,5%, respectivamente).
O blog tentou manter contato por telefone, mas sem sucesso, com a secretária Municipal de Saúde, Izalba Albuquerque, para maiores informações a respeito do assunto.
Da Redação com G1 MT

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *