Sentindo na própria pele

Escrito por:
Provando do próprio veneno (Edilson Rodrigues/Agência Senado)

A advogada Janaína Paschoal (PSL/SP), que ficou conhecida nacionalmente como co-autora ao elaborar e defender, tresloucadamente, na sessão do Senado Federal o parecer que derrubou a presidente Dilma Roussef (PT), em 2016, foi eleita deputada estadual em São Paulo nas eleições de outubro, mas corre seriamente o risco de não poder assumir o cargo, sob a acusação de ter cometido irregularidade eleitoral.
De acordo com o parecer da Justiça Eleitoral paulista, que servirá de base para o relator do caso aprovar ou não a prestação de contas, a candidata arrecadou R$ 18,5 mil, mas não enviou os relatórios financeiros desse valor. A análise técnica considera que por isso há “inconsistência grave, que caracteriza omissão de informação tempestiva que obsta o controle concomitante de regularidade das contas pela Justiça Eleitoral, bem como o controle social, podendo repercutir na regularidade das contas finais”.
Janaina sente na própria pele, o que é se sentir prejudicada sob a alegação de não ter culpa no “cartório”, como aconteceu com suas acusações, contra Dilma Roussef.
Da Redação com Revista Fórum


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *