Socialite que insinuou que Lula era ‘marginal’, é presa pela PF 

Escrito por:
O Brasil tá cheio de “gente fina” desse tipo
(Brasil 247)

Vejam como são as coisas neste País: quem mais deve, é quem mais se “acha”.
É o caso da socialite e empresária Isabel Christine de Mello Távora, proprietária da CVC Manaus, que foi presa pela Polícia Federal quando tentava embarcar para Miami (EUA) com uma grande quantia de dólares, em uma mala no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na zona Oeste de Manaus.
A “madame”, que postou uma foto ao lado de uma placa de sinalização insinuando que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era “marginal”, foi presa por evasão de divisas.
Isabel já tinha uma “capivara” de 2007: naquele ano, ela foi presa na Operação Farol da Colina e condenada a cumprir seis anos de prisão em regime semiaberto e ao pagamento de 140 dias-multa, à razão diária de 5 (cinco) salários-mínimos.
Como dizia Cazuza, na canção: Brasil, mostra a tua cara!

Continue Lendo


um comentário

  1. Pois é! Mas tem aquela “estória” das 12 malas que o Lula embarcou para Europa, das quais só quatro passaram pela necessária revista. Por falar no biltre, ele deve estar “furibundo”. O presidente do TRF da 4ª Região disse em entrevista que: “a sentença do juiz Moro é irretocável”.

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *