Taques vem a Rondonópolis para instalar “puxadinho” da Unemat

Escrito por:
Sem maiores delongas, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB) desembarca amanhã logo cedo, em Rondonópolis, para oficializar a instalação do “puxadinho” da Universidade do Estado de Mato Grosso, em sede provisória – sem local definido ainda – que terá somente, dois cursos iniciais: Ciência da Computação e Letras, após 17 anos de muita luta e esforços de vários segmentos representativos, tendo à frente o Movimento Pró-Unemat, para a implantação de cursos regulares.
Neste tempo todo, Rondonópolis foi preterida na questão de instalação de um campus próprio da Unemat, apesar da  importância sócio- econômica que o município possui, no contexto do Estado, enquanto em outros municípios de menor porte e de menor expressão socioeconômica, como Alto Araguaia, Alta Floresta, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Diamantino, Juara, Luciara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra, isso já é realidade.
Da agenda de Taques, consta ainda a entrega das obras de restauração da Rodovia do Peixe e da MT -270, que liga o município ao distrito de São Lourenço de Fátima.
Seria bom a classe política de Rondonópolis, cobrar dele a conclusão da Rodovia Verde (MT-040), que se arrasta há anos, ligando nosso município a Cuiabá, como uma alternativa à BR-364.
Também será muito salutar, que os políticos cobrem de Taques o débito que o Governo do Estado têm para com   Rondonópolis, na área da Saúde, que chega a quase R$ 13 milhões, referente a parcelas atrasadas de 2013, 2016 e 2017.
Não dá prá aceitar, que Rondonópolis com a potência sócioeconômica que é e pela representatividade política que tem (três senadores, dois deputados federais e três estaduais), seja tratada dessa forma, pelo Governo de Mato Grosso.
Ou o silêncio deles, a esse respeito, é conveniente?

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *