Temer ambiciona agora, acabar com o Presidencialismo

Escrito por:
(Reprodução)

Em entrevista à BandNews, hoje, Michel Temer esboçou uma pretensão velada que se efetivada com a reforma política, que também será votada pelos quadrilheiros do Congresso Nacional, poderá redundar na implantação no Brasil, já em 2018, do Parlamentarismo – sistema de governo rejeitado em 1993 pela população, quando consultada sob plebiscito.
Essa mudança de sistema de governo seria o aprofundamento do golpe, transferindo para os corruptos o poder total no Brasil, tornando irrelevante a disputa presidencial do ano que vem.
Com a implantação do Parlamentarismo, em linhas gerais, visa somente por fim ao desejo da maioria da população, que quer ver Lula, novamente na Presidência.
E, a revelação à BandNews, mostra indícios velados de que, realmente, os desmandos de Temer podem estar sendo respaldados por forças radicais ocultas, que não querem Lula no Planalto, de novo.
Pode estar sendo projetado um caminho perigosíssimo para a democracia, com consequências seríssimas para a manutenção da paz e da ordem, no País.
Seria um novo golpe, legitimado pelos criminosos!
Da Redação com Brasil 247

 

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *