Teté assumiu a Embratur

Escrito por:
Parlamentares de MT prestigiaram a posse
(Roberto Castro)

Cogitada inicialmente para assumir o Ministério do Turismo de Michel Temer, a mato-grossense Teté Bezerra (ex-deputada federal e estadual, pelo MDB), assumiu ontem a presidência da Empresa Brasileira de Turismo, Embratur, substituindo a Vinicius Lummertz, que assumiu o cargo de ministro do Turismo.
Segundo sua assessoria, a nomeação é resultado do trabalho que desempenhou nos últimos anos pelo turismo brasileiro. “Agradeço ao presidente Michel Temer, ao ministro Lummertz e ao meu partido, o MDB, por confiarem a mim um desafio de tamanha magnitude”, disse.
Teté – que é esposa do deputado federal Carlos Bezerra, amigo particular de Michel Temer – afirmou ainda que dará continuidade a ações que trouxeram resultados positivos, como a emissão de visto eletrônico para mercados considerados estratégicos. Quer também mudança no modelo de gestão da Embratur com a transformação de autarquia para uma agência de promoção do turismo, aos moldes da Apex e Sebrae. “Investimos atualmente US$ 17 milhões em promoção internacional, enquanto nossos concorrentes investem entre US$ 50 e US$ 100 milhões. Queremos uma agência robusta, que seja capaz de realizar parcerias e promover o Brasil no exterior”, frisou a agora presidente da Embratur.
Outra pauta que consta no PL 2724/2015, que tramita em caráter de urgência na Câmara, é a abertura total de capital estrangeiro das empresas aéreas. Segundo Teté, com mais voos para o Brasil, aliado à facilitação de vistos, será possível atrair ainda mais turistas. A meta até 2022, segundo ela, é a criação de 2 milhões de novos postos de trabalho e passar de 6,6 milhões de turistas internacionais para 12 milhões, além de ampliar de US$ 6 bilhões para US$ 19 bilhões o impacto desses visitantes na economia.
A cerimônia de posse e transmissão de cargo contou também com a presença de autoridades e políticos como Carlos Bezerra, o senador Waldemir Moka, os deputados ligados ao turismo Herculano Passos (Frentur) e Rafael Motta (CTur), além de Gustavo Arraes, presidente do Fornatur (Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo) e o empresário Guilherme Paulus, representando o trade turístico nacional.
Na comitiva de Mato Grosso estavam também o senador Wellington Fagundes (PR), o deputado federal, Valtenir Pereira e os estaduais Silvano do Amaral e Romoaldo Júnior; os três do MDB.
Da Redação com Assessoria

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *