Tucanos arrancam as próprias penas

Escrito por:
As penas tucanas estão voando

O clima entre Aécio Neves e Tasso Jereissati (PSDB-CE), considerado um dos jurássicos do partido, ficou mais estremecido ainda ontem, quando o mineiro – afastado da presidência do PSDB desde maio, acusado de pedir R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS, em troca de favores – , reassumiu o cargo.
Em mais um golpe – no que já mostrou ser expert -, Aécio  “passou por cima” do senador cearense, que presidia interinamente a sigla, indicando para o cargo o vice-governador de São Paulo, Alberto Goldman.
Na quarta-feira (8), Tasso Jereissati havia anunciado oficialmente a candidatura dele à presidência do partido.
De forma sutil, mas não menos venenosa, em um comunicado enviado a Jereissati, Aécio afirmou que retomava o posto, ” para garantir a desejável isonomia entre os postulantes” na disputa pela presidência do PSDB.
Na interinidade, por diversas vezes Jereissati cobrou, publicamente, que Aécio renunciasse ao comando do partido, o que não ocorreu.
A convenção nacional do partido, está marcada para ocorrer dia 9 de dezembro e além do senador cearense também disputa a presidência da sigla, o governador de Goiás, Marconi Perillo, preferido de Aécio para ocupar o cargo.
O vuco-vuco no ninho tucano, pelo “andar da carruagem”,  promete mais e interessantes capítulos.
Aguardemos!

Continue Lendo


um comentário

  1. Ontem eu assisti a uma “fala” do Aecinho. O cara tava com cara de “rato assustado”. Fico pasmo porque ainda tem jornalistas que dão espaço para político desse “naipe”.

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *