Tudo santo

Escrito por:
Santa família
(Veja Política)

Lúcio Vieira Lima, deputado federal pelo MDB da Bahia e um dos membros do trio familiar ligado aos R$ 51 milhões encontrados “mocosados” pela Polícia Federal (PF) em um apartamento na capital baiana, disse que fica “incomodado” ao envolverem sua mãe, Marluce Vieira Lima no escândalo, que tem como principal personagem seu irmão Geddel Vieira Lima (MDB) e ex-ministro de Michel Temer.
o trio familiar – acusado de associação criminosa e lavagem de dinheiro – virou réu por decisão do Supremo Tribunal Federal, no caso da “malaiada” contendo os R$ 51 milhões, encontrados pela PF.
Segundo Lúcio, quem conhece sua mãe, “com toda certeza não acredita nisso. Uma senhora de 80 anos, que praticamente não se locomove, vai poder cometer qualquer coisa? Me perdoe. O que me incomoda mais é envolver minha mãe nisso. Vou para cima”, prometeu.
Quanto a Geddel, o parlamentar afirmou que o irmão é “ficha limpa”, já que não foi condenado pela Justiça, apesar de que o ex-ministro está preso, preventivamente, desde setembro do ano passado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.
Mas é muita cara-de-pau!
Da Redação com Brasil 247

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *