UPA adequa Sistema de Prontuário Eletrônico

Escrito por:

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rondonópolis está adequando a implantação do Prontuário Eletrônico, programa instalado em computadores da unidade para interligar toda a Rede Municipal de Saúde garantindo transparência e organização, além de melhorar o atendimento ao paciente e permitir a marcação prévia de consultas.
Os servidores da unidade passaram por capacitação sobre a implantação do prontuário eletrônico durante as últimas duas semanas de setembro para aprenderem como usar a nova ferramenta que visa otimizar o tempo, melhorando a qualidade dos recursos, economizar material, gerar rapidez no registro de dados e permitir integração entre todas as unidades municipais que contarem com a estrutura.
Nessa fase inicial do uso do sistema, inserido na primeira semana de outubro, pode ocorrer atraso nos atendimentos dos usuários que buscarem atendimento na UPA devido os servidores estarem se adaptando a novidade, por isso a orientação é pacientes de casos classificados como azuis que podem ser solucionados sem necessidade de se deslocar até a UPA, procurem uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência. Bem como pessoas que buscam trocar receitas médicas.
O sistema informatizado eficiente permite o registro do histórico de cada paciente, reunindo dados como atendimentos, exames, diagnósticos, prescrições médicas, procedimentos, assim como vacinação e serviços odontológicos. Ação que facilita o acesso dessas informações pelos profissionais de saúde e pelos próprios usuários, gerando economia de tempo e de recursos.
O Prontuário Eletrônico do Cidadão é um programa do Ministério da Saúde para ser utilizado nas UBSs, porém o prefeito José Carlos do Pátio optou por uma abrangência bem maior, inserindo o sistema em toda a Rede Pública de Saúde do Município. Dessa forma, já está em funcionamento no Laboratório Central, nas unidades do Jardim Atlântico e do Jardim Europa, no Ceadas e no Setor de Marcação de Exames da Central de Regulação.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *