Vaga de Selma Arruda é disputadíssima

Escrito por:
Fávaro e Sachetti não abrem mão da vaga 
(Olhar Direto)

Com o mandato de senadora cassado no dia 10 deste mês, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), primeira colocada nas eleições de 2018 com 678.542 votos, já tem pretendentes de olho na sua vaga.
Trata-se do terceiro mais votado, o ex-vice governador Carlos Fávaro (PSD), que obteve 434.972 votos, e também do ex-prefeito de Rondonópolis e ex-deputado federal Adilton Schetti (PRB), que com 333.082 votos, foi o quarto colocado no Estado, na corrida ao Senado Federal.
Selma Arruda, que está recorrendo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para conseguir um efeito suspensivo da decisão proferida pelo TRE/MT, teve o mandato cassado por unanimidade pelos membros da corte eleitoral, em razão de ter se utilizado da prática de caixa 2 e abuso de poder econômico, durante a campanha.
A disputa entre Fávaro e Sachetti – ambos ligados ao agronegócio – pela vaga de Selma Arruda, promete ser das mais ferrenhas.


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *